ONU Mulheres realiza primeira reunião do Grupo Nacional Assessor da Sociedade Civil no Brasil e lança o Fundo Fale Sem Medo

Brasília, 14 de dezembro de 2012 — O Escritório da ONU Mulheres Brasil e Cone Sul realizou, na última quarta-feira, dia 12, em Brasília, a primeira reunião do seu Grupo Nacional Assessor da Sociedade Civil no Brasil. Neste primeiro encontro, 13 das 15 representantes da sociedade civil selecionadas para integrar o grupo estiveram presentes.
Os principais assuntos debatidos foram: Cooperação horizontal, mobilização de recursos, Cairo+20, Pequim+20, agenda pós-2015 e a próxima CSW, a Comissão do Status da Mulher das Nações Unidas, que sera realizada em março de 2013 na sede da ONU Mulheres em Nova Iorque e tem como tema o fim da violência contra as mulheres. Com a instituição do Grupo Assessor, a ONU Mulheres objetiva estreitar suas relações de parceria com a sociedade civil, estimulando a troca de conhecimento e saberes de forma a garantir que as atividades programáticas da ONU Mulheres Brasil estejam alinhadas com as prioridades nacionais, com as demandas da sociedade civil no país e com as reais necessidades das mulheres brasileiras.
,l,mcl,cl,
Para Rebecca Tavares, representante e diretora regional da ONU Mulheres Brasil e Cone Sul, o resultado desta primeira reunião foi estimulante e encorajador: “Trabalhar lado a lado com as mulheres brasileiras, refletindo suas diversas realidades, experiências e necessidades, é o que nos possibilita interceder por políticas e programas que visem à equidade de gênero e ao empoderamento das mulheres em todas as suas esferas”.
Lançamento do Fundo Fale sem Medo
No mesmo dia, no Rio de Janeiro, a ONU Mulheres, o Instituto Avon  e o Observatório de Favelas lançaram, no Complexo da Penha, no Rio de Janeiro, o projeto Rio em Rede, que, ao longo de seis meses levará sessões de cinema, oficinas de sensibilização, shows e apresentações culturais aos 300 mil moradores de cinco comunidades do Rio de Janeiro: Cidade de Deus, Rocinha, Complexo da Penha, Maré e Jardim Gramacho (em Duque de Caxias). As atividades têm como foco o enfrentamento à violência doméstica por meio de atividades culturais e educativas.
O projeto se estenderá de dezembro de 2012 a junho de 2013.  Ele também inclui o lançamento do edital do Fundo Fale sem Medo, no valor de R$ 300 mil, que selecionará projetos comunitários voltados para a causa para receber apoios financeiros no valor de até R$ 30 mil. A campanha Fale sem Medo se caracteriza pela ênfase nas ações preventivas da violência doméstica contra a mulher como a promoção de seminários, desenvolvimento de cartilhas, fotonovelas, radionovelas e vídeos educativos a respeito da violência de gênero. O edital está publicado no site do Fundo Elas (www.fundosocialelas.org.br) e no do Instituto Avon (www.institutoavon.org.br). As propostas serão aceitas até 31 de janeiro de 2013.
O lançamento do projeto Rio em Rede ocorre ao final dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Doméstica (20/11 a 12/12), período reservado pela ONU para uma reflexão coletiva sobre os impactos da violência contra a mulher e as formas de enfrentar este problema.
Para mais informações, acesse: www.unifem.org.br.


O Escritório da ONU Mulheres Brasil e Cone Sul realizou, na última quarta-feira, dia 12, em Brasília, a primeira reunião do seu Grupo Nacional Assessor da Sociedade Civil no Brasil. Neste primeiro encontro, 13 das 15 representantes da sociedade civil selecionadas para integrar o grupo estiveram presentes.
Os principais assuntos debatidos foram: Cooperação horizontal, mobilização de recursos, Cairo+20, Pequim+20, agenda pós-2015 e a próxima CSW, a Comissão do Status da Mulher das Nações Unidas, que sera realizada em março de 2013 na sede da ONU Mulheres em Nova Iorque e tem como tema o fim da violência contra as mulheres. Com a instituição do Grupo Assessor, a ONU Mulheres objetiva estreitar suas relações de parceria com a sociedade civil, estimulando a troca de conhecimento e saberes de forma a garantir que as atividades programáticas da ONU Mulheres Brasil estejam alinhadas com as prioridades nacionais, com as demandas da sociedade civil no país e com as reais necessidades das mulheres brasileiras.
Para Rebecca Tavares, representante e diretora regional da ONU Mulheres Brasil e Cone Sul, o resultado desta primeira reunião foi estimulante e encorajador: “Trabalhar lado a lado com as mulheres brasileiras, refletindo suas diversas realidades, experiências e necessidades, é o que nos possibilita interceder por políticas e programas que visem à equidade de gênero e ao empoderamento das mulheres em todas as suas esferas”.
Lançamento do Fundo Fale sem Medo
No mesmo dia, no Rio de Janeiro, a ONU Mulheres, o Instituto Avon  e o Observatório de Favelas lançaram, no Complexo da Penha, no Rio de Janeiro, o projeto Rio em Rede, que, ao longo de seis meses levará sessões de cinema, oficinas de sensibilização, shows e apresentações culturais aos 300 mil moradores de cinco comunidades do Rio de Janeiro: Cidade de Deus, Rocinha, Complexo da Penha, Maré e Jardim Gramacho (em Duque de Caxias). As atividades têm como foco o enfrentamento à violência doméstica por meio de atividades culturais e educativas.
O projeto se estenderá de dezembro de 2012 a junho de 2013.  Ele também inclui o lançamento do edital do Fundo Fale sem Medo, no valor de R$ 300 mil, que selecionará projetos comunitários voltados para a causa para receber apoios financeiros no valor de até R$ 30 mil. A campanha Fale sem Medo se caracteriza pela ênfase nas ações preventivas da violência doméstica contra a mulher como a promoção de seminários, desenvolvimento de cartilhas, fotonovelas, radionovelas e vídeos educativos a respeito da violência de gênero. O edital está publicado no site do Fundo Elas (www.fundosocialelas.org.br) e no do Instituto Avon (www.institutoavon.org.br). As propostas serão aceitas até 31 de janeiro de 2013.
O lançamento do projeto Rio em Rede ocorre ao final dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Doméstica (20/11 a 12/12), período reservado pela ONU para uma reflexão coletiva sobre os impactos da violência contra a mulher e as formas de enfrentar este problema.
Para mais informações, acesse: www.unifem.org.br.
Anúncios
Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: